28/04/2015 às 17h13 - Atualizado em 28/04/2015 às 17h13

“Repensar do fazer na socioeducação” é semifinalista ao Prêmio Boas Práticas Municipais no XVII Encontro Nacional do Congemas

A Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS) de Goiânia, por meio da Diretoria de Proteção Social Especial (DPSE), está concorrendo ao Prêmio Boas Práticas Municipais, no XVII Encontro Nacional do Colegiado de Gestores Municipais da Assistência Social (Congemas): “A Implementação do Sistema Único de Assistência Social – SUAS na Prática Cotidiana da Gestão Pública”. O evento acontece nos dias 28 a 30 de abril, em Fortaleza, no Ceará.

O trabalho “Repensar do fazer na socioeducação”, desenvolvido pela coordenadora da divisão de Medidas Socioeducativas, Karina Mendonça , juntamente com a técnica, Giselli Alves, vem sendo desenvolvido há 16 meses no município de Goiânia na Proteção Social Especial, em conjunto com a equipe do Serviço de Proteção Social aos Adolescentes em Cumprimento de Medida Socioeducativa de Liberdade Assistida (LA) e de Prestação de Serviços à Comunidade (PSC). As psicólogas integram a Comissão Regional de Psicologia na Assistência Social do Conselho Regional de Psicologia 9ª Região – Goiás.

O trabalho tem como objetivo melhorar os resultados dos acompanhamentos realizados e efetivamente cumprir com o objetivo da medida, que é promover a socioeducação e fortalecimento dos vínculos familiares, com a melhora da autoestima e (re)construção de projetos de vidas. A prática mostra a necessidade de reorganizar a atuação da equipe, para promover a socioeducação do adolescente/jovem, assegurando a proteção social integral através das políticas públicas, fortalecendo seu projeto de vida e rompendo o ciclo de reincidência – contribuindo, assim, para uma sociedade mais justa.

Os objetivos específicos envolvem: definição do papel dos profissionais; inclusão do educador social na equipe; definição de forma de atuação; capacitação das equipes; capacitação dos parceiros; construção do manual de orientação técnico de atuação no município.

Em tempos de discussão sobre a temática da redução da maioridade penal, a aposta é de que propostas como essa contribuam para o aprimoramento do sistema de garantia de direitos dos adolescentes e afirmem o compromisso com os direitos humanos e o não rebaixamento da idade de resposta penal.

Gardênia Lemos, Diretora de Proteção Social Especial do Município de Goiânia e membro da Comissão Nacional de Psicologia na Assistência Social (CFP-Conpas), destaca que “mais do que qualificar e adequar os serviços às normativas legais existentes, o desafio é manter o foco na garantia de Proteção Social Integral aos que cumprem medidas socioeducativas e suas famílias. Para isso, é necessário garantir melhores condições técnicas e materiais às equipes multiprofissionais que atuam na área”.

Saiba mais:

O Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas) é uma Associação Civil, sem fins lucrativos, com autonomia administrativa, financeira e patrimonial, de duração indeterminada, com sede e foro em Brasília – DF desde abril de 2001, regendo-se por estatuto e normas próprias, representando os 5.570 municípios brasileiros junto ao Governo Federal, especialmente junto ao Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), e aos governos estaduais, para fortalecer a representação municipal nos Conselhos, Comissões e Colegiados, em todo o território nacional.